Coisas simples, de importância e interesse muito, muito relativos mas boas para "descomprimir".

Coisas de interesse muito relativo, que vou escrevendo,



sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Celebração

Celebração

Vamos celebrar a morte
Ou a vida?

Não! A morte não se celebra
Guarda-se na memória breve
Como algo forte e também leve
Trata-se de um corte, uma quebra
Um afastamento, uma partida
Uma cicatriz não uma ferida.

Sim, celebra-se a vida
Essa que há pouco começou
A que interessa, a verdadeira
Porque a outra que se levou
Foi breve e passageira.

06.04.2017 [1]




[1] Missa trigésimo dia do Zé (meu Sobrinho).